Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2011

Está sendo um pouco mais difícil do que eu pensei...

Ser encontrada por um livro de Richard Bach na papelaria do aeroporto, ler e DECIDIR. Pela separação, infeliz ou felizmente, eu não sei. Decidir é uma coisa importante, mas o difícil é bancar a decisão depois, e digo bancar não apenas no sentido financeiro, mas o custo emocional da separação foi e continua sendo alto, e meu filho também está pagando caro.
Hoje ele teve um febrão e disse:
- Mãe, lembra que eu o papai e você estávamos dormindo na casa velha?
Dá uma grande frustração e é difícil brincar de "A vida é bela" nestes momentos. Meu filho também prometeu que iria falar com o pai dele pra "falar bem devagarinho"comigo, isto é, sem gritar.