Meu filho nem tem três anos...

Já está participando de uma competição na escolinha, quem vender mais ingressos para a festinha junina vai ser Mister ou Miss Capirinha... Não sei o que eu penso disso, se eu acho legal ou não. Depende como eu vou encarar o fato de ele não vencer, acho que não vou achar legal, vou me sentir fracassada. Não tenho o hábito de "levar na esportiva", acho que já levei tantas, estou tão derrotada que a simples menção de uma disputa já me deixa com medo e me lembrando de todas as vezes que eu perdi, de tudo que eu já perdi na vida. Eu tenho um livrinho que me chama de campeã porque eu fui um único espermatozóide que alcancei o óvulo, sou uma campeã nata, que interessante idéia, considerando que o espermatozóide é quase uma enzima, que nem sabe que tem outros competindo, corrijam-me os biólogos. Hoje eu estou naqueles dias em que eu sei que devo morrer imediatamente, preciso morrer, sou inútil, fracasso total, mas acho que essa sertralina genérica é que deve ser fracassada, mas por outro lado quem depende de medicamentos para não se sentir derrotado... Pelo menos está lutando, tomando medicamentos e tudo, está passando o tempo, os dias e não se matou, ainda. Essas competições e disputas me fazem sentir mas inútil, parece que todos são normais e eu nem tenho sequer a chance de competir de igual para igual, que desabafo, ainda bem que existe esse blog, que a gente desabafa e fica menos tensa.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Bichomania versus Petzoo

Enfrentando uma crise depressiva com coragem!

Hoje eu usei alisabel no cabelo.